Arquivo

Archive for the ‘Datas especiais’ Category

Alcançamos UM MILHÃO de acessos!

Em abril deste ano de 2015, este Blog “Artigos & Crônicas” completou 6 anos de existencia.

Agradeço a Deus por me dar inspiração para escrever os textos que aqui publico, pois em seis anos, já alcançamos UM MILHÃO de acessos e 823 comentarios.  Todos os leitores também estão de parabéns, pois sem vocês este Blog não existiria.

Meu desejo é que todos aqueles que passarem por aqui possam sempre encontrar uma palavra de conforto, esperança e/ou encorajamento,  e possam ser enriquecidos emocional e/ou espiritualmente.

Participe divulgando este Blog e também sugerindo em comentários, novos temas e/ou assuntos para novas postagens. Quero apenas esclarecer que todos os textos aqui divulgados, sempre terão um tempero cristão e serão baseados na Biblia Sagrada.

Parabéns a todos nós!

        

 

Anúncios

Outubro Rosa

(Google Imagens)

O movimento “Outubro Rosa” teve origem na última década do século 20, nos Estados Unidos. A cor escolhida remete à do laço rosa, lançado pela Fundação “Susan G. Komen for the Cure”, que simboliza a luta contra o câncer de mama. Outubro foi escolhido porque nos Estados Unidos é o mês que sempre apresentava o maior número de ações contra a doença.

Desde então, todos os anos são realizadas passeatas, corridas e manifestações a favor da causa rosa. Em São Paulo, o primeiro monumento a ser iluminado por essa causa foi o Mausoléu do Soldado Constitucionalista, popularmente conhecido como Obelisco do Ibirapuera, em 2002.

O Ilume instalou lâmpadas de vapor metálico nesses pontos e está adaptando materiais a elas para produzir o efeito rosa. No caso da iluminação da Ponte Estaiada, feita por luminárias de LED, é possível atingir a cor desejada, já que a tecnologia do equipamento permite a reprodução de luz colorida. A ponte possui 142 projetores de LED de 50W.

A Secretaria de Serviços da PMSP, por meio do Departamento de Iluminação Pública (Ilume), apoiará o movimento mundialmente conhecido como Outubro Rosa. Até o dia 21/10/2011, os arcos do Viaduto do Chá, o Monumento das Bandeiras e a Ponte Estaiada, considerados cartões-postais da Cidade de São Paulo, receberão a iluminação característica da causa, que busca conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama.

O Ilume utiliza as iluminações de destaque em apoio a inúmeras campanhas de conscientização na Cidade, como, por exemplo, o Dia Mundial de Combate à Aids, Câncer de Mama e do Diabetes, Semana Internacional do Autismo, além da Campanha Mundial Contra Acidentes de Trânsito. Recentemente, a Semana Mundial do Meio Ambiente foi homenageada com a iluminação na cor verde nesses importantes pontos da Cidade de São Paulo.

Ponte Estaiada (São Paulo) – Imagens Google

 
Texto publicado no Jornal “O Retrato” de 07 a 13/10/2011, p. 05.
Sonia Valerio da Costa
Em 07/10/2011

São Paulo Ontem e Hoje

Dia dos Médicos – 18 de Outubro

Feliz Dia dos Médicos!

Dia 18 de outubro foi escolhido para comemorar o “Dia dos Médicos”, por ser um dia consagrado pela Igreja Católica, a São Lucas, um dos quatro Evangelistas do Novo Testamento. Pelas Escrituras Sagradas sabemos que Lucas era médico e considerado pelo Apóstolo Paulo, como “médico amado” (Bíblia Sagrada, Cl. 4:14). Assim, todos os países que professam o cristianismo, elegeram São Lucas, como Patrono dos Médicos.

Hipócrates (460-377AC) é considerado o “pai da medicina”, pois direcionava seus conhecimentos em saúde no caminho científico, ele rejeitava completamente a supertição e práticas que não se podia explicar cientificamente. O famoso Juramento de Hipócrates foi criado a partir de sua inquestionável conduta ética.

Juramento de Hipócrates

” Eu juro, por Apolo, médico, por Esculápio, Higeia e Panacea, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir, segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue: estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes. Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva. Conservarei imaculada minha vida e minha arte. Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam. Em toda a casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução sobretudo longe dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados. Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça.”

O Dis 18 de outubro como “Dia dos Médicos” é comum a muitos países, dentre os quais Portugal, França, Espanha, Itália, Bélgica, Polônia, Inglaterra, Argentina, Canadá e Estados Unidos.

“Parabens a todos os médicos que, com abnegação e seriedade se dedicam a aliviar, curar e salvar tantos doentes e devolver-lhes a esperança de uma vida mais saudável e feliz.”

Fontes:
Internet
Basacchi, Mário. Origem das Datas comemorativas. São Paulo, Paulinas, 2000.
Gardner, Paul. Quem é quem na Bíblia Sagrada. São Paulo, Vida, 2009.
Postado por: Sonia Valerio da Costa
Em 18/10/2010
 

Quando as Crianças Brincam

(Imagens Google)

O mundo de toda criança oscila entre o real e o imaginário. Por isso as historias infantis têm sempre, um elemento lúdico, de brincadeira, com personagens fictícios, para ajudar a interagir com o contexto social. Mas nem sempre são só historias lidas ou ouvidas por ela que trazem esses personagens. Muitas vezes para elaborar suas angústias e frustrações, a criança cria em sua mente, um amiguinho imaginário, ou conhecido como amigo oculto, o que, segundo os especialistas, é normal.

“Esses amiguinhos imaginários costumam aparecer por volta dos 3 aos 7 anos, quando a criança precisa representar e aprender por meio de instrumentos e situações concretas; isto porque ainda não desenvolveu habilidades cognitivas para abstrair sentimentos, e compreender fatos do seu cotidiano.” (Dra. Simone Alarcon)

“Muitas crianças criam esses companheiros para não se sentirem tão sozinhas e também porque esse amigo imaginario é perfeito; ele não rouba seus brinquedos, não reclama, não briga e está sempre à disposição para brincar, ou seja, essas coisas que as outras crianças fazem e provocam frustrações.” (Dra. Wanda dos Reis Sampaio)

Nessa situação, segundo essas profissionais, os pais não devem apontar para a criança que o amiguinho não existe, nem mesmo discordar. Também não devem estimular. Devem apenas observar e procurar se aproximar da criança, conversar com ela sobre seus sentimentos, brincar com ela, para que se sinta mais acolhida.

“Os pais deverão se preocupar somente quando a criança, ao brincar com esse amigo imaginário, não der espaço para outras atividades lúdicas, ou caso se isole socialmente.” (Dra. Simone Alarcon)

Se os pais ficarem discretamente atentos, quando seus filhos estiverem brincando com seus amiguinhos imaginários, poderão entender os conflitos que seus filhos estão enfrentando, seja sofrimento, coação, medo, desprezo, discriminação, perseguição e, também, principalmente, onde eles estão ocorrendo; se na escola com os colegas ou professores, e em casa, com os adultos que lhe fazem companhia. Assim poderão identificar qual ambiente está causando estresse para a criança.

Fonte: Revista Em Dia, nº 110, p. 106: “Brincando com o amigo oculto” – Entrevista da Jornalista Adailce Maganha com a Dra. Simone Alarcon Oncalla e Sá (neuropsicóloga e pedagoga), e Dra. Wanda dos Reis Sampaio (Psicóloga, especializada em família).

Saiba quais são os “Direitos da Criança”

“Depois disso, algumas pessoas levaram as suas crianças a Jesus para que Ele as abençoasse, mas os discípulos repreenderam aquelas pessoas. Quando viu isso, Jesus não gostou e disse: – Deixem que as crianças venham a mim e não proibam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele. Então Jesus abraçou as crianças e as abençoou, pondo as mãos sobre elas”. (Bíblia NTLH, Mc. 10:12-16)

(Eu Criança)

 
Adaptado e postado por Sonia Valerio da Costa
Em 12/10/2010

Dia da Árvore – 21 de Setembro

Um só dia ou uma semana é pouco para conscientizar o povo em geral sobre a importância da árvore e da conservação das matas e florestas. Seria importante dedicar um ano, o “Ano Internacional da Árvore”, pois ela é uma grande aliada para nos proporcionar o equilibrio ecológico e contribuir para um ar respirável e de qualidade.

O homem moderno está pagando caro pelo descaso e pela destruição sem planejamento e sem critério das árvores. A erosão dos terrenos, a desertificação, as mudanças climáticas, a extinção de animais e aves, os ventos incontroláveis, o desbarrancamento das margens dos rios, a poluição do ar são, entre tantos outros, alguns dos prejuízos ocasionados pelas queimadas e pela destruição das árvores.

A primeira data oficial em que se comemorou o dia da árvore, foi em 22 de abril, escolhida pelo governo do Estado de Nebraska, nos Estados Unidos. Esse dia era o aniversário de J. Morton, que foi um grande incentivador do plantio de árvores pela população.

O Brasil contrariou o padrão internacional, quando o presidente Castelo Branco definiu, em 1965, que a “Festa Anual da Árvore” seria no dia 24 de fevereiro. Essa data foi escolhida porque era o início da época das chuvas na região Norte.

Hoje em dia, no Norte e Nordeste, a comemoração acontece na última semana de março e também no dia 21 de setembro, como no restante do país. O Dia da Árvore em 21 de setembro foi escolhido porque ele antecede o início da Primavera no Hemisfério Sul, no dia 22 de setembro.

A Árvore

Tal qual acontece
com a criança apenas gerada
a árvore recém-brotada
é inteiramente independente.

***

Quantas árvores são destruídas
logo em seu primeiro momento de vida!
São como aquelas crianças abortadas
que, no lixo, são jogadas!

***

Toda árvore é útil e importante
mesmo que o homem por curiosidade
ou por simples ato de vontade,
classifique-a nobre ou insignificante.

***

Defendamos a árvore com braço forte,
porque do berço até a morte,
do assoalho ao telhado
de madeira estamos cercados.
***
(Alguns versos de uma Poesia do Livro
“Origem das Datas Comemorativas” de Mário Basacchi)

A Prece da Árvore

Ser humano,
protege-me!

***

Junto ao puro ar,
da manhã ao crepúscuplo.
Eu te ofereço:
aroma, flores, frutos e sombra!

***

Se ainda assim não te bastar,
curvo-me e te dou:

***

Proteção para teu ouro,
Pinho para tua nota,
Teto para teu abrigo,
Lenha para teu calor,
Mesa para teu pão,
Leito para teu repouso,
Apoio para teus passos,
Bálsamo para tua dor,
Altar para tua oração.

***

E te acompanharei até à morte…

***

Rogo-te: “Não me maltrates!”
(Poesia de Walter Rossi)

“O verdadeiro significado da vida é plantar árvores, sob cujas sombras você não espera sentar.” (Nelson Henderson)

“Alguém está sentado na sombra hoje, porque alguém plantou uma árvore há muito tempo.” (Warren Buffett)

Extraído de: Frases de Generosidade 

Compilado por Sonia Valerio da Costa
Em 20/09/2010

 

Idoso (27 de setembro)

Nós somos o resultado de gerações passadas. Nossos pais continuam vivendo por meio de nós, como nossos avós viveram por meio deles. Desde que nascemos nosso corpo está sujeito ao desgaste físico do tempo. Os anos passam rapidamente, e com eles a alegria da infância e a beleza da juventude. Lentamente, mas de forma persistente, nossa carne vai se enrugando, nossos braços e pernas perdem a agilidade e o vigor; perdurará para sempre apenas o perfume das boas obras, os passos dados no caminho da verdade e tudo o mais que se criou de belo.

Atrás de cada rosto enrugado dos idosos há vida. Vida repleta de experiência e de saudade, vida digna de ser compreendida e imitada pelos mais jovens, vida que deve ser respeitada e preservada até o último alento. Os idosos já foram crianças, adolescentes e adultos cheios de energia e calor e que um dia seremos iguais a eles.

Ame o ancião

Jovem, cheio de força e vigor,
que passas ligeiro, deixando pra trás o ancião.
Não reparaste o andar vacilante deste homem
que a carga pesada dos anos
mantém curvo?
*
 
Não observaste o seu rosto
cheio de rugas, seu olhar inseguro,
os joelhos dobrando,
procurando alguém para ajudá-lo
ou uma bengala para apoiar-se?
*
 
Talvez esboçaste um riso
de sarcasmo e de zombaria
ao vê-lo tropeçar
e, no chão, estendido ficar.
*
 
Não digas apenas: “coitado do velho!”
Mas corre logo a levantá-lo,
oferecendo-lhe a mão,
apertando-o ao coração.
*
 
Pois, como muitas vezes
tens lido no transporte coletivo:
“Quem respeita o ancião,
respeita a si mesmo!”
*
 
De fato, um dia,
que não é tão distante,
sentirás tú também
a carga pesada da idade.
*
 
Então, não terás a mesma energia
e o vigor da juventude.
Vais precisar de alguém
para te ajudar na tua caminhada.
*
 
Agradecido serás
com quem te ajudar
a estrada atravessar.
*
 
Se olhares para trás,
descobrirás que são tantos
os anciãos a quem deves amar.
*
 
Graças a eles é que tú vives.
Com eles, aprendeste a andar.
a falar, a descobrir as riquezas da vida.
Tudo o que está ao teu redor
foi fruto do seu suor.
*
 
Ama e respeita os idosos,
homens e mulheres,
porque são eles os heróis anônimos
que sobreviveram
a mil batalhas da vida.
Eles são hoje o que tú serás amanhã.
 

Portal da Terceira Idade

Estatuto do Idoso

“Quem respeita o idoso, respeita a si mesmo”.

“Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.” (Êxodo cap. 20 e vers.12)

Sonia Valerio da Costa
25/02/2010

Fonte: “Bíblia Sagrada” e “Origem das Datas Comemorativas” de Mário Basacchi