Início > Reflexões > Terremoto no Haiti: comentários

Terremoto no Haiti: comentários


(Google Imagens)

Apenas meus comentários sobre a tragédia:

Em 15/01/2010
postado no link: http://iprodigo.com/traducoes/deus-odeia-o-haiti.html/comment-page-1#comment-360

Assim como o sol nasce tanto para os justos, quanto para os injustos, da mesma forma as acomodações geológicas continuarão provocando terremotos, maremotos e tsunamis causando desastres de diversas proporções envolvendo todos os que estiverem presentes no local.
Penso que a questão, está no egoismo do ser humano que se encontra em posição privilegiada e até recebe apoio financeiro para atingir níveis de conhecimento suficiente para se prevenirem, principalmente de terremotos e não compartilham essa tecnologia com os menos favorecidos.
A ajuda humanitária deve chegar antes que a tragédia aconteça, para que não precise ser acionada às pressas depois do acontecido.
Falta no mundo de hoje mais amor fraternal e solidário, pois o ser humano está tão cheio de egoismo, que não tendo em quem jogar a culpa de suas dissimulações, está jogando a culpa em Deus, até mesmo por medo de represálias.
Deus nos deu inteligência para sobrevivermos diante das adversidades da natureza… então porque os países menos favorecidos não estão conseguindo acesso às informações que poderiam salvá-los??
Deixo essa pergunta para reflexão…
Meu desejo é que os corações se abram para receber o amor de Deus, pois é um amor puro, não egoista e nem tendencioso. Seu amor é imensurável, incalculável, incompreensível e inexplicavel, a ponto de enviar seu próprio Filho para nos trazer a mensagem do evangelho de salvação.
Que a Paz de Jesus Cristo, o Amor de nosso Deus Pai, e as consolações do Espírito Santo, possa encontrar lugar para reinar nos nossos corações.
Amém.
Sonia.

Em 16/01/2010
postado no link: http://iprodigo.com/traducoes/deus-odeia-o-haiti.html/comment-page-1#comment-360

No meu ver, agora não seria o momento apropriado para procurar culpados ou inocentes; agora é um momento de solidariedade para com os desafortunados haitianos, lançando sobre eles o bálsamo do conforto e sendo misericordiosos como foi Jesus Cristo.
Para nós que estamos de longe e que podemos ajudar apenas com nossas orações e doações, é um momento apropriado para olharmos para dentro de nós e nos conscientizarmos que não somos nada.
Estamos num momento apropriado para repensarmos nossas atitudes para com os nossos semelhantes.
Quantas vezes temos dificuldades em nos humilhar, em pedirmos perdão a quem nos ofendeu…
quantas vezes postergamos em dar uma palavra de elogio a quem está fazendo sucesso…
quantas vezes negamos o pão aos famintos…
quantas vezes casais que “ainda” estão conseguindo dormir na mesma cama, deitam-se e dormem sem trocar uma palavra, simplesmente porque brigaram por nada e um não quer se rebaixar para o outro…
Nestas poucas frases que representam muito bem o que é a índole do ser humano, é o momento de repensarmos e buscarmos ter a mente de Jesus Cristo que foi misericordioso, que foi esbofeteado, cuspido, ultrajado, desprezado, cruxificado, açoitado… passou sede, fome, canseira, angustia, discriminação, indiferença… e no entanto não abriu a sua boca para exconjurar… Simplesmente fez uma pequena oração: “Pai, perdoa-lhes, porque eles não sabem o que fazem”!!!
Quantas vezes emitimos opiniões precipitadas apenas com a visão superficial que estamos tendo de determinada situação e já queremos emitir julgamentos… isto porque é muito trabalhoso nos aprofundar na questão para encontrar a verdade, e depois dizemos que a justiça é cega…
Nós seres humanos somos assim, eu também sou e preciso mudar….
Ouçamos, todos nós, as palavras de Jesus, quando disse aos seus discípulos: “Aquele que não tiver pecado, seja o primeiro a atirar pedras” ….

De 16 a 19/01/2010
postado no link: http://www.dihitt.com.br/noticia/deus-odeia-o-haiti/comentarios

“Deus é amor.. e o que penso é que Ele tem dado conhecimento ao homem para saber cientificamente como se prevenir dessas tragédias. O problema é que quem detém esse conhecimento, por alguma razão (não vamos aqui entrar nessa polêmica), não está se preocupando em disseminar informações necessárias para se evitar tamanha tragédia como essa, nas áreas terrestres, onde sabemos que são sempre vulneráveis a acomodações das placas tectônicas.”

“Parabéns pela sua prudência em ler o texto todo, antes de fazer qualquer comentário a favor ou contra (que foi apenas indicado por mim e NÃO é de minha autoria). No meu ver, agora não seria o momento apropriado para procurar culpados ou inocentes; agora é um momento de solidariedade para com os desafortunados haitianos, lançando sobre eles o bálsamo do conforto e sendo misericordiosos como foi Jesus Cristo.”

“Concordo que o texto está um tanto complexo, pois foi traduzido do inglês. Mas aconteceu justamente como vc comentou; os comentários foram jogando luz sobre o texto e esclarecendo pontos que estavam um tanto obscuros. Simplesmente foi uma forma diferente de oferecer solidariedade aos sobreviventes do Haiti; o texto só ficou obscuro e comprometido para os leitores que fizeram uma leitura dinâmica e já emitiram opiniões precipitadas a respeito do que o autor estava querendo transmitir.”

“No meu ver, agora não seria o momento apropriado para procurar culpados ou inocentes; agora é um momento de solidariedade para com os desafortunados haitianos, lançando sobre eles o bálsamo do conforto e sendo misericordiosos como foi Jesus Cristo.”

“Percebi que para vc, ainda não está muito clara a questão da existência de um Deus, que com todo o respeito que tenho para com Ele, se analisarmos suas atitudes precipitadamente, poderíamos pensar até mesmo, que Ele possui atitudes de um “bipolar”. Deus é Soberano e único, mas que da mesma forma que nós somos formados de corpo, alma e espírito, Deus também é trino: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.
Eles são intrínsecos formando apenas Um Deus. As atitudes divinas que vemos registradas na Bíblia e que tem gerado tanta polêmica entre os seres humanos, principalmente quando acontecem essas tragédias sem precedentes, como no Haiti, deve ser compreendida da seguinte forma:
– Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. (Leia na Bíblia em João cap. 4 e versículo 24). Antes da vinda de Jesus, Deus (Espírito) se revelava através dos profetas, como Isaías, Jeremias, etc.; aquele tempo Deus agia apenas através de leis, que de um modo geral podemos resumir em “matou, morreu”; cada ser humano pagava seu êrro com sua própria vida.
– Jesus, que quando dizemos que é Filho de Deus, não estamos falando no sentido de ser menor do que Deus Espírito, mas porque Jesus foi a segunda manifestação de Deus: “No princípio era o Verbo, e o Verbo (Palavra) estava com Deus, e o Verbo era Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.” (leia em João capítulo 1 e versículos 1 e 14). Jesus se encarnou para nos mostrar o lado misericordioso de Deus: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (Leia em I Timóteo, capítulo 2 e versículo 5). Veja essas palavras que Jesus falou: “E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo: porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.” (Leia em João capítulo 12 e versículo 47)
Concluindo, entendemos que Deus Pai é a manifestação da justiça do Deus Criador, e Deus Filho é a manifestação do amor e misericórdia do mesmo Deus Criador.
– Deus Espírito Santo pode ser entendido como o elo invisível de ligação e comunhão entre Deus e o homem. Seria como entrarmos na “frequência” do Deus Criador. Entenda como se as ondas de uma Emissora qualquer que vc queira acessar esteja passando por vc, onde quer que vc esteja; vc só irá ouví-la, se conectar-se através de um rádio, na frequência determinada pela tal Emissora. O Espírito de Deus sempre esteve conosco, seres humanos, só não tem contato com Ele quem não entra na sua “frequência” (leia: Gênesis capítulo 1 e versículo 2; Lucas capítulo 11 e versículo 13; I João capítulo 4 e versículos 2 e 3; Apocalipse capítulo 22 e versículo 17)
Para terminar, quero ainda dizer que, conversar é muito bom, trocar idéias, opiniões e conhecimento também, mas precisamos entender que somente Deus é o dono da verdade. Por isso, para escolhermos um caminho a seguir em direção a Deus, o melhor é nos aprofundarmos na palavra que Ele mesmo nos deixou; esta é a melhor forma de entrarmos na “frequencia” e na sintonia da Emissora celestial, através do Deus Espírito Santo, pois com certeza ouviremos sua voz a nos dizer: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, se não por mim.” (João capítulo 14 e versículo 6)”

“Também concordo com sua forma de pensar de que Deus nos deu recursos para a nossa sobrevivência, porém está restrito nas mãos de alguns poderosos que não querem compartilhar conhecimento.
Na Idade Média os livros eram acorrentados; hoje são as informações que são boicotadas. Lamentável!”

“Deus nos ama e não se vinga e nem age injustamente com a humanidade.
Mas o homem tem agredido a natureza e agora estamos colhendo frutos das irresponsabilidades cometidas.”

“Deus nos livra nas calamidades, adversidades e tragédias, e não das mesmas. Aí é que se manifesta o poder de Deus.”

“Deus nos deu recursos para a nossa sobrevivência, porém está restrito nas mãos de alguns poderosos que não querem compartilhar conhecimento. Na Idade Média os livros eram acorrentados; hoje são as informações que são boicotadas.”

“Deus não tem culpa nas nossas escolhas. É interessante como o homem facilmente joga a culpa em Deus, quando algo dá errado. Quando dá certo, ele quer a glória para si e ainda se acha auto-suficiente.”

“Importante este seu novo comentário, pois são essas oportunidades que temos de nos conscientizarmos a nós mesmos e nos abrirmos mais para o diálogo. Como fui eu que indiquei esta notícia, acabei sendo bastante alvejada de comentários, mas sinceramente senti prazer em responder um por um, pois essa interatividade não programada, me acrescentou muita informação, o que compensou todo o tempo que gastei, e estou gastando para ler e comentar cada pensamento e cada palavra expressada a respeito deste texto.”

“Agradeço seu comentário, mas se acalme… o ser humano é assim, pelo seu próprio egoismo, quer se justificar apontando o êrro dos outros.. O que será que esse mesmo americano que escreveu esse texto sobre o Haiti, escreveu a respeito de seu próprio povo, quando as torres gêmeas foram derrubadas por aviões suicidas…..? Deus existe sim, mas Ele é amor, é misericórdia. Ele condena o pecado, mas não condena o pecador. Todo pecado destroi o proprio corpo do homem e por fim pode corromper a alma também.
Mas veja que linda mensagem Ele nos deixou: “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito para que todo aquele que nEle crer, não pereça, mas tenha a vida eterna.”

“Gostei da sua forma de expor seu pensamento repudiando algumas idéias que o texto sugere, onde vemos que o ser humano é bastante rápido em querer fazer julgamentos. O que será que esse mesmo americano escreveu a respeito de seu próprio povo, quando as torres gêmeas foram derrubadas por aviões suicidas…..? Eles estão fazendo julgamentos precipitados sobre as tragédias que acontecem em outras nações e não estão analizando a decadência deles próprios. É de causar indignação!!!”

“Independente de qualquer culpa, êrro, castigo, punição, incredulidade, agora não é um momento apropriado para cutucar feridas abertas que estão sangrando no coração dos sobreviventes. Recebi esse texto por e-mail e resolvi indicá-lo aqui no diHITT, justamente porque sabia que suscitaria bastante polêmica. Creio que o autor do texto já deve ter tomado conhecimento e está lhe servindo de experiência. É um texto escrito por um americano e traduzido para o português, por um brasileiro.”

“Creio que o diHITT também tem nos ensinado que a união faz a força.
Aqui estamos aprendendo (pelo menos eu estou) a reivindicar, a denunciar abusos e ofensas. Fico tranquila em perceber que tenho muitos amigos aqui, e também estamos podendo contar com o apoio da administração do site que, com certeza, para se evitar maiores constrangimentos acabou retirando tanto o comentário ofensivo, quanto minha resposta.
Como disse a “K”… vamos semear a PAZ!!!”

“K”, fique tranquila, pois já está tudo em paz!
Aconteceu um deslize ofensivo de um colega nosso, mas já está tudo sob controle. O legal do diHITT é que aqui existe uma grande diversidade de pessoas, de todos os níveis sociais, intelectuais, profissionais, religiosos e comportamentais e temos liberdade de expor nosso pensamento, de debater ou discordar pacificamente de uma idéia, como num fórum de discussão.
Estamos tendo um nível muito grande de aprendizado e, principalmente aprendendo a “ouvir” os outros, mesmo que tenham uma opinião diferente da nossa. Concordo com vc, vamos semear a Paz, mas quando aparece uma arma, mesmo que pequena, precisamos deletá-la, para que não venhamos a ser contaminados com atitudes antiéticas.”

“Este texto proporcionou uma abertura saudável de discussão de idéias e opiniões, que creio que alguns ficaram incomodados no princípio, mas agora penso que nos entendemos e aprendemos bastante com a troca de experiência e de opiniões.”

“Com suas palavras penso que este assunto já foi esgotado. Em resumo, precisamos honrar e adorar Aquele que nos criou como seres racionais e que também nos deu fôlego de vida; devemos também respeitar a natureza que também foi criada por Ele para nos oferecer subsidios para nossa sobrevivência.  Se o homem respeitasse esse equilíbrio ecológico teria evitado muitas tragédias provocadas pela natureza.”

“Creio que amadurecemos com o aprendizado de discordar sem ofender e também aprendemos tanto a ganhar, quanto a perder num forum de discussões. Ninguém é dono da verdade. Quem é que conseguiu durante a vida toda manter uma mesma opinião a respeito de determinada coisa??!!!!
Não me refiro a possibilidade de passar de um oposto a outro, mas me refiro principalmente às acomodações sociais que nos levam a adaptar conscientemente nossas opiniões, pois com um diálogo sadio, o nosso oponente acaba nos levando a visualizar pontos que sozinhos, não conseguimos enxergar ou entender. Eu também quero encontrá-la numa nova discussão bem acalorada como foi esta. Creio que todos os que participaram estão de parabens pela coragem de expor suas palavras, comentários, e opiniões.”

“Quero agradecer todos meus amigos dihitianos, pois me proporcionaram compor um Post, somente de respostas aos seus comentários.”


Em 16/01/2010
postado no link: http://elianderson.wordpress.com/2008/09/22/aqui-nao-tem-terremoto/#comments

“Aqui no Brasil, as catástrofes tem outra “cara”… mesmo assim não podemos sequer comparar o paraíso em que vivemos, com uma situação tão desoladora como nos mostram as fotos… Oremos por esses sobreviventes, mutilados em todos os sentidos.” 

Em 06/02/2010
postado no link: http://noticias.terra.com.br/mundo/fotos/0,,OI114675-EI294,00-Veja+fotos+do+terremoto+de+graus+no+Haiti.html

“E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo: porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.” (Jo.12:47)

Com este texto bíblico, quero alertar a todos que estão fazendo julgamentos desnecessários que, se nem Jesus Cristo, sendo Filho de Deus, disse que não veio para julgar o mundo, quem somos nós para fazê-lo??? Quem somos nós para dizer o que Deus está pensando ou deixando de pensar???

“Não julgueis para que não sejais julgados” (Palavras de Jesus em Mt. 7:1)

Usemos de misericórdia não somente em atitudes mas também em palavras. Agora é o momento de sermos canal de Deus para levarmos bálsamo, amor e solidariedade àquele povo sofrido; é momento de “lavarmos seus pés”, pois assim eles compreenderão o que é ser verdadeiramente um cristão que se diz ser “filho de Deus”. 

Sonia Valerio da Costa
16/01/2010 (Atualizado em 06/02/2010)

Anúncios
  1. 27/08/2011 às 18:05

    Simplesmente matando alguns entre o tempo de aula em Digg e descobri o seu artigo. Geralmente não é o que eu escolho para ler, no entanto, foi completamente valor meu tempo. Graças .

  2. Eu
    22/08/2011 às 16:58

    Eu era um bêbado que vivia drogado, mas estou curado pois encontrei Jesus!

  3. lucas
    02/05/2011 às 19:32

    vlw pela mesagem

  4. 20/01/2010 às 21:04

    Ola Sonia

    Após ler os dois textos que citam a trajédia no Haiti, tento reproduzir para este comentário o que o meu pensamento determina.
    Tão logo se teve notícia do terremoto, o mundo ficou perplexo pela magnitude do acontecimento, visto que milhares de vidas se perderam e ainda continuam os trabalhos a procura de mais algumas.
    Não podemos nos calar e acreditar que isto possa ter sido “castigo” de alguém que esta presente em nossos corações, por mais que tenhamos a fé em níveis mínimos de crença.
    È bem verdade que muitos iriam se beneficiar desta tragédia, mas não podemos fechar os olhos por àqueles que nem sequer tem onde morar ou mesmo o que comer.
    Há alguns anos fez-se uma campnha para a África no intuíto de se ajudar pessoas que estavam morrendo pela fome, e ao final tivemos conhecimento de que muitos foram auxiliados pela campanha, mas a parte principal da arrecadação foi para pagar a dívida externa daquele país.
    Com todas as campanhas em andamento a favor do Haití, espero que o resultado não seja o mesmo, que não se tire proveito próprio às custas da desgraça alheia.
    Precisamos sim, darmos as mãos e ajudar um povo que vive abaixo da linha da pobreza, mas ao mesmo tempo temos que lutar para que os governantes daquele país se envolvam e procurem reergue-lo sem contudo menosprezar a população Haitiana.
    Aquele que acredita em nosso “PAI” todo poderoso, certamente encontra forças e boa vontade para ajudar nossos irmãos Haitianos, sem contudo se promoverem e conseguirem lucros futuros.
    A humanidade não consegue entender as razões de tudo isto; a nossa mãe natureza esta farta de tanto descaso, de tanta ofensa por parte do “bicho homem”, e quando ela se manifesta é tudo culpa de “DEUS”, um absurdo.
    Precisamos rever nossos valores como seres humanos, para que amanhã possamos deixar este “mundo de Deus” aos filhos e netos desses Haitianos.
    Enquanto não mudarmos nossa maneira de agir para com a natureza, novas manifestações por parte dela, serão ouvidas, vistas e vividas por todos nós.
    Aquele que acredita que poderemos ter um mundo melhor, ajude de alguma forma nossos irmãos Haitianos, pois voce tambem estará ajudando a sí mesmo.
    Desculpe o longo comentário, mas foi preciso.
    Um forte Abraço, adorei sua postagem
    Mad

    • Sonia Costa
      20/01/2010 às 21:26

      Boa noite, Mad!!!!
      Quer dizer que enquanto estávamos numa discussão cerrada, vc estava assistindo de camarote as nossas postagens e somente analisando…. rsrs
      Gostei dessa sua postura, pois seu comentário dispensa comentários e/ou complementações. Agradeço seu apoio e me sinto honrada por estar disponibilizando mais este espaço para que possamos agregar opiniões construtivas que possam melhorar em todos os sentidos as relações sociais do mundo em que vivemos.
      Abraços.
      Sonia

  5. 20/01/2010 às 18:59

    Sonia,

    Parabéns pelo excelente post.

    Suas palavras são as minhas palavras, e vamos pedir a Deus que ampare e console os aflitos, que perderam muitos entes queridos nesta tragédia.

    Bjs.

    Rosana.

    • Sonia Costa
      20/01/2010 às 21:17

      Olá Rosana,
      agradeço sua visita ao meu Blog e também pelo apoioàs minhas palavras.
      Acreditei que juntando todos os comentários que fiz, formaria uma linha de raciocínio que pudesse esclarecer melhor tanto a opinião do escritor que escreveu o artigo, quanto a opinião de todos os que estavam se manifestando.
      Na verdade eu acabei assumindo um papel de moderadora de um fórum de discussão, pois eu estava cada comentário que eu recebia considerava como mais uma peça do quebra-cabeça, até que pude formar uma visão do todo.
      Com este Post, creio que os ânimos dos dihittianos irão se acalmar… rs
      Abraços.
      Sonia

  6. 20/01/2010 às 13:27

    Belo trabalho amiga. Estamos torcendo por npossos irmãos haitianos. bj

    • Sonia Costa
      20/01/2010 às 18:39

      Boa noite, Victor…
      Agradeço sua visita e seu comentário deixado aqui no meu Blog.
      Realmente precisamos de alguma forma ajudar aqueles nossos irmãos, de alguma forma,
      pois as imagens que nos chegam sensibilizam qualquer coração.
      Abraços.
      Sonia

  7. Lilian
    20/01/2010 às 12:31

    Olá querida amiga Sonia,

    Parabéns pela natureza deste post. Com a publicação de seus comnetários, as pessoas que não leram o artigo original ou o fizeram de forma dinâmica, entenderão
    a real mensagem que pretendeu desde o início:
    “Deus nos livra nas calamidades, adversidades e tragédias, e não das mesmas. Aí é que se manifesta o poder de Deus.”
    Fique com a paz, a graça, o amor e a proteção de Deus.
    CArinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    • Sonia Costa
      20/01/2010 às 18:42

      Boa noite Lilian,
      Agradeço seu apoio e aprovação quanto a natureza deste Post. É uma forma de concluir pacificamente a questão discutida exaustivamente, direcionando que o mais importante agora, não é encontrar explicações para a tragédia, mas sim sermos solidários e ajudar nossos irmão da melhor forma que pudermos.
      Abraços.
      Sonia

  8. 20/01/2010 às 1:04

    Soninha, o que podia lhe dizer, falei no post anterior, mas deixo 2 mensagens de William Shakespeare:

    1) Aprendi que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos.
    2) Ser grande, é abraçar uma grande causa.

    Beijos

    • Sonia Costa
      20/01/2010 às 1:32

      Olá Sissym,
      Agradeço sua mensagem, pois nos faz refletir a respeito da aceitação de Deus para com nossa vida. Ele sabe o que vai nos deixar felizes ou não. Precisamos aceitar a vontade dEle e abraçá-la como uma grande causa.
      Abraços.
      Sonia

  9. 19/01/2010 às 12:28

    Oi Sonia!
    Só passei para me solidarizar com vc a respeito do comentário sem graça e sem noção do tal “fulano”. Tenho certeza de que logo, esse assunto vai se tornar uma página virada em sua vida! Continue com seus belos posts!!
    Um abraço
    Carla

    • Sonia Costa
      19/01/2010 às 18:03

      Olá Carla,
      agradeço seu apoio; só me posicionei com aquele comentário e divulguei entre meu grupo de amigos, como forma de conscientizar alguns poucos intolerantes em aceitar que outras pessoas tenham pensamentos diferentes dos deles.
      O diHITT não é um site de competitividade em questão de nível intelectual, mas sim um site que tem servido para ampliar nosso conhecimento em todas as áreas.
      Abraços.
      Sonia

  10. 17/01/2010 às 17:31

    Confesso que durante e final da leitura deste artigo, me emocionei e muito.
    Deus está dentro de todos os nossos corações; nós é que fugimos dele.
    A partir do momento que encontrarmos nossos próprios corações, com certeza, encontraremos Deus.

    • Sonia Costa
      17/01/2010 às 23:02

      Boa noite Emílio,
      Agradeço seu comentário e fico feliz por vc ter sido tocado pelas palavras. Éu fiz tantos comentários sobre o assunto que achei por bem reuní-los e divulgá-los através de um post, que poderá servir até de forum de discussão.
      Abraços.
      Boa semana.
      Sonia

  11. 16/01/2010 às 20:25

    O planeta continua após tantos milhões de anos se acomodando, tem suas falhas geológicas, e mais cedo ou mais tarde isso vai ocorrer, e todos mais ou menos ja sabem em que regiões estão essas falhas.

    • Sonia Costa
      16/01/2010 às 20:41

      Olá Joselito,
      concordo com você; só o que está faltando é uma união entre as nações, no sentido de compartilharem a tecnologia preventiva que já possuem; se não puderem evitar, pelo menos prever antecipadamente para as pessoas possam ser retiradas a tempo de salvarem suas vidas.
      Agradeço sua participação.
      Abraços.
      Sonia

  12. caurosa
    16/01/2010 às 15:14

    Pois é, minha cara amiga, temos que nos apegar ao nosso todo poderoso senhor e rezar pelos que sofrem. E acreditar no coração dos homens do mundo, para que a união de todos ajude o povo sofrido do Haiti.

    Paz e harmonia em sua vida,

    forte abraço

    CAurosa

    • Sonia Costa
      16/01/2010 às 16:35

      Boa tarde CAurora,
      agradeço sua visita e comentário aos meus comentários… rsrs
      Realmente é tempo de olharmos para cima e buscarmos não só ajuda, proteção e paz, mas buscarmos a Salvação que vem de Nosso Deus.
      Bom final de semana.
      Abraços.
      Sonia

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: